O risco máximo abrange municípios dos distritos de Viana do Castelo, Bragança, Braga, Porto, Viseu, Coimbra, Santarém, Portalegre e Faro.

Em risco muito elevado estão cerca de uma centena de outros concelhos nos distritos de Viana do castelo, Braga, Porto, Aveiro, Vila Real, Bragança, Castelo Branco, Guarda, Viseu, Coimbra, Portalegre, Santarém, Lisboa, Beja e Faro.

O IPMA coloca ainda em risco elevado de incêndio mais de 110 municípios de Norte a Sul do país, num dia em que os valores de temperatura máxima serão superiores ao normal para a época, com vento moderado a forte do quadrante leste nas terras altas do Norte e Centro.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o "reduzido" e o "máximo".

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Na semana passada, o Governo informou que decidiu prolongar até 15 de outubro o período crítico de incêndios no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta Contra Incêndios devido às circunstâncias meteorológicas expectáveis para a primeira quinzena de outubro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.