A Autoridade Nacional do Medicamentos e Produtos de saúde (Infarmed) refere numa circular informativa, publicada no seu ‘site’, que a decisão foi tomada na sequência de uma inspeção realizada pelas autoridades competentes da Dinamarca (DKMA) e de Portugal ao fabricante “Mefar Ilac Sanayii A.S.”, com sede em Istambul, na Turquia.

Segundo o Infarmed, foram detetadas “não-conformidades às boas práticas de fabrico de medicamentos de uso Humano” nos fármacos “Caspofungina Teva, Caspofungina, 50 mg, Frasco, Pó para concentrado para solução para perfusão, registo n.º 5706361”, do titular “Teva Pharma - Produtos Farmacêuticos, Lda.”

O mesmo foi detetado no medicamento “Anidulafungina Fresenius Kabi, Anidulafungina, 100 mg, Frasco, Pó para concentrado para solução para perfusão, registo n.º 5786678”, do titular “Fresenius Kabi Pharma Portugal, Lda.”

O Infarmed determinou a suspensão da comercialização e recolha imediatas de todos os lotes que se encontram em comercialização e alertou as entidades que possuam em ‘stock’ quaisquer lotes destes dois medicamentos para não os vender, dispensar ou administrar, devendo proceder à sua devolução.

Pede ainda aos doentes que os estejam a utilizar para não interromper o tratamento e para contactarem o médico para substituir por um outro medicamento alternativo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.