O Tiranossauro Rex não tem a sua língua como os lagartos.

“Eles foram retratados de uma maneira errada por um longo período de tempo”, disse Julia Clarke, investigadora da Universidade do Texas, em Austin.

Segundo os investigadores da Universidade do Texas em Austin e da Academia Chinesa de Ciências, cujo trabalho foi hoje publicado, a conclusão é válida para a maioria dos dinossauros.

A chave para esta conclusão está num osso particular, o osso hioide, que está na base da língua.

Depois de analisarem os fósseis de várias espécies de dinossauros, incluindo o T-Rex, os investigadores concluíram que estão mais próximos dos jacarés e crocodilos, com uma língua que era pouco móvel.

"Na maioria dos dinossauros, os ossos da língua são muito curtos e nos crocodilianos que têm um osso curto, a língua está completamente presa ao fundo da boca", diz Julia Clarke.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.