Elie Bin, diretor da Magen David Adom, organização israelita equivalente à Cruz Vermelha, tinha referido num primeiro momento cinco feridos, dos quais dois tinham morrido, mas posteriormente as autoridades referiram cinco mortos.

Esta é a terceira vez numa semana que se registam ataques deste tipo em Israel.

Socorristas e testemunhas relataram um outro ataque na cidade vizinha de Ramat Gan, com feridos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.