“Desde já podemos lançar este apelo, um apelo à maturidade política, à elevação, porque os portugueses não esperam dos seus dirigentes políticos e governantes que passem os dias em quezílias, e que não coloquem os interesses do país acima do jogo político-partidário”, afirmou Francisco Rodrigues dos Santos.

O novo líder do CDS, eleito no domingo, anunciou que vai reunir os novos órgãos nacionais para o partido formular uma posição sobre o assunto.

“Nós vamos reunir os órgãos nacionais do partido na próxima segunda-feira, designadamente a Comissão Executiva, onde também estará presente a nossa líder parlamentar, e juntos, sincronizados, e tendo por base o estudo desta matéria, vamos certamente verter uma posição que é absolutamente clara e cristalina sobre o assunto”, adiantou.

Até lá, o partido pretende reservar-se “à reflexão interna”, assinalou.

O líder centrista lançou ainda “o repto aos partidos que compõem o arco da governamentalidade, PS, PSD e CDS, que se possam sentar à mesa com vista a obter uma solução de convergência e de compromisso para o IVA na eletricidade”.

Francisco Rodrigues dos Santos falava aos jornalistas na residência oficial do primeiro-ministro, em Lisboa, onde se reuniu com o socialista António Costa no âmbito da Cimeira dos Amigos da Coesão, marcada para sábado, em Beja.

“Este apelo diz respeito tão-só à necessidade de os partidos políticos (…), em vez de formarem ciclicamente crises, terem a capacidade de estabelecer pontos de diálogo, linhas de debate, de modo a melhor servirem os interesses dos portugueses”, explicou.

O presidente salientou que o CDS “coloca o país acima dos partidos” e que acredita “no bom senso, no diálogo estruturado e em respostas que sirvam, por um lado, o equilíbrio orçamental, e, por outro, a economia das famílias”.

No leque de propostas de alteração ao OE2020, o CDS não apresentou nenhuma proposta com vista à descida do IVA da eletricidade.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.