Num país onde a abstenção é das mais elevadas na Europa – mais de metade dos portugueses não exerce este direito – João Ferreira apelou à participação de todos: “O dia de hoje convida a fazer muitas coisas, por isso apelo a que, antes, venham votar”.

O candidato comunista ao Parlamento Europeu pela CDU chegou hoje à mesa 11 da Escola Básica 2,3 Prof Lindley Cintra / Escola Secundária do Lumiar, em Lisboa, para exercer o seu direito de voto.

Em declarações aos jornalistas, João Ferreira recusou as críticas feitas ao longo da campanha de os partidos políticos terem abordado apenas questões nacionais, deixando de lado os temas da Europa.

O cabeça de lista lembrou que “as grandes questões nacionais têm relação com as decisões da União Europeia”.

Além disso, disse esperar que a CDU tenha dado “um contributo” para a elucidação dos assuntos assim como os candidatos comunistas tenham sido “esclarecedores e informadores”.

Cerca de 10,7 milhões de pessoas em Portugal podem votar hoje para o PE, ou seja, mais de um milhão do que na anterior eleição, em maio de 2014.

Agora concorrem 17 forças políticas, mais uma do que na última eleição ao PE.

No total, cerca de 400 milhões de eleitores dos 28 países da União Europeia elegem os 751 lugares do Parlamento Europeu, Portugal elege 21 deputados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.