Suchanee Cloitre, que então trabalhava no canal de TV Vocie, foi denunciada pela Thammakaset Co por comentar uma queixa de maus-tratos interposta por 14 imigrantes birmaneses em agosto de 2016 contra a empresa.

O tribunal de Lopburi, no centro do país, determinou a sentença de prisão à jornalista, libertada após pagar uma fiança de 75.000 baht (2.240 euros), avançou hoje a agência de notícias Efe, que cita o advogado, Waraporn Uthairangsri.

“Suchanee ficou muito surpresa. O tribunal não deveria condená-la com uma pena tão grave. Mas agora ela está mais calma e a preparar o recurso”, disse.

Grupos de direitos humanos denunciam o uso deste tipo de ações judiciais como uma forma de intimidação e assédio a ativistas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.