Estas comemorações do centenário do nascimento do antigo Presidente da República, fundador e primeiro líder do PS estarão a cargo de uma comissão organizadora sediada na Fundação Mário Soares e Maria Barroso.

Em comunicado, esta fundação refere que, além de José Manuel dos Santos, que foi assessor do antigo Presidente da República (1986/1996), integram a comissão organizadora os dois filhos de Mário Soares, Isabel e João Soares, bem como “figuras representativas de vários domínios da sociedade portuguesa: Maria de Lurdes Rodrigues, Isabel Alçada, José Amaral, Teresa Calçada, Paulo Caramujo, Filipe Guimarães da Silva e Pedro Marques Gomes”.

“Fiéis à personalidade e ao estilo de Mário Soares, estas comemorações querem ser plurais e inclusivas, descentralizadas e mobilizadoras, contemporâneas e viradas para o futuro. Assim, têm como objetivos principais divulgar e atualizar os valores e as causas de Mário Soares, procurando transmitir e renovar o seu legado junto das novas gerações e promover novos conhecimentos sobre o que foi, o que fez e o que representa”, refere-se na mesma nota divulgada pela fundação.

A Fundação Mário Soares e Maria Barroso destaca também que, para assinalar o centenário do nascimento do antigo primeiro-ministro socialista (1976/1978 e 1983/1985) “está a ser preparado um vasto e diversificado programa de atividades, que evoca a figura, a obra e a ação política, cívica e intelectual do antigo Presidente da República, figura fundamental da democracia e da história contemporânea”.

“Além dos órgãos de soberania, associaram-se já às comemorações diversas entidades, entre as quais autarquias, escolas, universidades e politécnicos, centros de investigação, instituições culturais, associações e diversas organizações nacionais e internacionais”, realça-se ainda no mesmo comunicado.

A Fundação Mário Soares e Maria Barroso assinala que as comemorações do centenário do nascimento do primeiro líder do PS, cujo programa será apresentado no início do próximo ano, embora apresentem um “caráter institucional e oficial”, pretendem também “mobilizar a sociedade”.

Nesse sentido, estão já a ser preparadas “ações e atividades por todo o país e no estrangeiro, como exposições historiográficas e artísticas, congressos e conferências, espetáculos, projetos audiovisuais e multimédia, publicação de livros, iniciativas com jovens, concursos escolares e múltiplos tributos e evocações locais, nacionais e internacionais”.

“As comemorações do centenário de Mário Soares relacionam-se com as celebrações dos 50 anos do 25 de Abril, no próximo ano, e ligam-se aos 100 anos do nascimento de Maria Barroso, em 2025”, acrescenta-se ainda na mesma nota.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.