Durante o seu discurso de ano novo, Kim Jong-un apelou ainda aos EUA que parem com os exercícios militares conjuntos com a Coreia do Sul.

Na cimeira histórica realizada em junho, em Singapura, entre o Presidente norte-americano, Donald Trump, e o líder norte-coreano, os dois países concordaram em “trabalhar para a completa desnuclearização da península” coreana, mas até à data os progressos têm sido apenas simbólicos, devido à ausência de um roteiro para o desarmamento.

De forma a avançar com o processo, Pyongyang tem insistido na remoção das sanções lideradas pelos EUA contra o país.

Os Estados Unidos pretendem continuar as sanções a Pyongyang, enquanto o regime não avançar no processo de desnuclearização e exigem que a Coreia do Norte tome medidas concretas, enquanto o regime norte-coreano pede que um tratado de paz seja assinado antes para ajudar a garantir a sua sobrevivência.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.