Coordenada pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, a Linha Internet Segura é um serviço de atendimento gratuito e confidencial criado com o objetivo de prestar apoio às vítimas de cibercrime, aconselhar na adoção de comportamento seguros no uso da internet e permitir a denúncia de conteúdos ilegais online.

Este é um dos serviços do consórcio coordenado pela Fundação para Ciência e Tecnologia (FCT) e do qual a APAV faz parte desde janeiro de 2019, envolvendo também a Direção Geral da Educação, o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), a Fundação Altice e a Microsoft Portugal.

Este consórcio tem como principal objetivo a sensibilização e consciencialização para o uso mais seguro da internet.

Segundo dados da APAV, entre janeiro e dezembro de 2019 foram contabilizados 827 processos nas duas vertentes: atendimento e denúncia.

Na ‘Helpline’, que garante o apoio, anónimo e confidencial ao uso das tecnologias online com vista a ajudar vitimas de crime e aconselhar os utentes na adoção de comportamento seguros no uso da internet foram registados 102 crimes e outras formas de violência, entre os quais 20 por burla, 12 por furto de identidade, oito de devassa da vida privada, quatro de ‘ciberbullying’, quatro de pornografia de menores, nove de ‘phishing’, cinco de violência doméstica e um dois crimes sexuais.

Já na ‘Hotline’, que disponibiliza meios para denunciar conteúdos ilegais que estejam disponíveis na internet, a APAV registou 676 denuncias de pornografia infantil e 24 de discriminação racial.

Segundo a APAV os homens são 53.97 por cento das 126 vítimas identificadas em idades entre os 10 e mais de 65 anos.

Os pedidos de apoio e de denuncias são feitos para o 800 21 90 90 ou através do correio eletrónico (linhainternetsegura@apav.pt).

Hoje assinala-se em mais de 150 países o Dia da Internet Mais Segura.

Em Portugal, o Centro Internet Segura (CIS) junta-se às comemorações com a realização de um seminário dedicado ao tema ‘Ciberbullying’, com o título “Faz Delete ao Ciberbullying!” estando prevista a apresentação do novo ‘site’ do Centro Internet Segura (que faz parte do consórcio Internet Segura), com uma nova imagem e funcionalidades.

O dia será ainda assinalado pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, com uma visita à Escola Básica e Secundária Artur Gonçalves, em Torres Novas, onde ficarão a conhecer diferentes projetos que esta comunidade educativa desenvolve no âmbito do Digital.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.