De acordo com o autarca, estão “são as situações mais gravosas neste momento na cidade”.

O distrito de Lisboa esteve sob aviso laranja do Instituto Português do Mar e da Atmosfera entre as 13:28 e as 15:00, devido à previsão de períodos de chuva “por vezes forte e persistente”, mas já baixou para alerta amarelo.

Mais de 100 situações “continuam ativas” na cidade de Lisboa, mas “nenhuma inspira uma grande preocupação” e todas “estão a ser tratadas”, precisou Carlos Moedas, em declarações aos jornalistas no Centro de Comando Operacional em Monsanto, que visitou esta tarde.

“Não há nenhuma vítima, mas foi um momento de alguma tensão”, reconheceu Moedas, no balanço feito pelas 17:30, quando a situação estava já “bastante calma”.

Segundo o autarca, “houve danos em viaturas que ficaram quase submersas, nomeadamente na 2.ª Circular.

Para Carlos Moedas, os habituais “pontos negros” quando a cidade de Lisboa é afetada pelo mau tempo só poderão “ser resolvidos com os túneis de drenagem que começaram esta semana a sua construção”.

O autarca referiu, porém, que os cinco sensores que foram instalados após as últimas grandes cheias na cidade “serviram hoje” para assinalar que os túneis da Avenida João XXI e da Avenida de Berlim deviam ser fechados, o que aconteceu temporariamente, ainda de manhã.

Estes sensores são “tubinhos de água” que, quando a água chega a um determinado nível, acionam o centro operacional, permitindo mobilizar de imediato os meios necessários.

O centro de coordenação, que junta Proteção Civil, Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, Polícia Municipal e Bombeiros Voluntários, “continua a funcionar”, realçou Moedas.

Segundo disse à agência Lusa fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), entre as 00:00 e as 16:00 de hoje foram registadas 354 ocorrências relacionadas com o mau tempo na zona da Grande Lisboa.

A mesma fonte precisou que as ocorrências dizem respeito a inundações (283), limpeza de vias (99), queda de árvores (42), queda de estruturas (42) e movimentos de massa (11), devido à forte precipitação.

Nas operações estiveram empenhados 1.493 operacionais, apoiados por 480 meios terrestres.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.