Segundo o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis), “a PSP informada de que os 16 refugiados que estavam em isolamento nas instalações da Pousada da Juventude, na rua Andrade Corvo, estavam a provocar distúrbios, tendo mesmo agredido um funcionário”.

“Depois de a PSP ter chegado ao local, os envolvidos acataram as ordens”, disse a mesma fonte, acrescentando que “três dos refugiados vão ser realojados noutro local”.

Os cidadãos, requentes de proteção em Portugal, integram o grupo de hóspedes que foi retirado de um ‘hostel’ em Lisboa devido ao registo de casos de infeção pelo novo coronavírus.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.