O incidente teve lugar no Monterey Park, a leste de Los Angeles, onde milhares de pessoas se juntaram esta noite (madrugada em Lisboa) no festival do Ano Novo Chinês.

A AFP avança com a informação segundo a qual existem nove vítimas mortais do tiroteio

"Os detetives de homicídios do condado de Los Angeles estão a ajudar o Departamento de Polícia de Monterey Park numa investigação de morte por disparos. Há nove mortes", cita a agência de acordo com um comunicado.

Os disparos, segundo as informações avançadas pelos meios locais, nomeadamente o LA Times, não terão ocorrido dentro da área do festival. Testemunhos recolhidos por este meio de comunicação apontam no sentido de o autor dos disparos ser uma pessoa isolada.

Não há ainda informação exata sobre quantas pessoas foram atingidas pelos disparos.

A cidade de Monterey Park, localizada a cerca de 16 quilómetros do centro de Los Angeles, tem perto de 60 mil habitantes e uma grande população asiática.

Ao Los Angeles Times, o dono de um restaurante do outro lado da rua onde ocorreu o tiroteio, Seung Won Choi, disse que três pessoas se apressaram a entrar no estabelecimento e pediram-lhe que trancasse a porta.

As pessoas disseram ainda que havia um atirador com uma metralhadora e várias munições. Choi disse que acreditava que o tiroteio tinha decorrido num clube de dança.

Um morador da cidade, Wong Wei, disse ao jornal Los Angeles Times que uma amiga estava na casa de banho do clube, quando os tiros começaram. Ao sair, viu um homem armado e três corpos: duas mulheres e uma pessoa que identificou como o presidente do clube.

Mais de cinco horas depois do ataque, o suspeito ainda não foi encontrado, informou a polícia.

"O suspeito fugiu do local e continua foragido", disse à imprensa o capitão Andrew Meyer, do Departamento do Xerife de Los Angeles, no local do crime, em Monterey Park.

Notícia atualizada às 12h18 com informação atualizada sobre o número de vítimas mortais e informação adicional sobre o tiroteio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.