O plano de requalificação, cuja concretização poderá ter início no próximo ano, será desenvolvido de forma faseada, segundo explicou à agência Lusa o presidente do município de Loures, Bernardino Soares (CDU).

"A ideia é dar a este parque novas valências e melhorar as suas condições. Estamos a falar de um parque que recebe anualmente mais de 60 mil utentes, número que esperamos vir a aumentar significativamente", apontou o autarca.

Relativamente a novas valências, o projeto prevê a criação de um centro de interpretação florestal para "divulgação cultural e científica" das espécies existentes no parque, de uma cafetaria e também de novos espaços de campismo, caravanismo, salas multiusos e residências para grupos e empresas.

O projeto prevê igualmente a criação de um lago/"charco com vida", onde serão incluídos jogos de água didáticos para as crianças, assim como de hortas e pomares.

Antigo espaço rural de produção agrícola, pertencente à Quinta de São Gião, o Parque Municipal de Cabeço de Montachique, situado na freguesia de Famões e na serra de Montachique, foi criado em 1983 e passou para a posse do município de Loures em 1997, tendo uma extensão de 33 hectares.

Desde então, a autarquia reconstruiu algum edificado já existente e construiu novas infraestruturas, nomeadamente campos de ténis, um polidesportivo, parque de merendas e um circuito de manutenção.

O parque é habitat de árvores autóctones, como pinheiros, freixos e medronheiros, e de animais, como o gaio, a águia de asa redonda, o chapim e o pisco de peito ruivo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.