Citado na nota, o secretário regional do Turismo e Cultura da Madeira, Eduardo Jesus, considera que este é “um feito notável”.

O governante madeirense realça o número de vezes que a Madeira conquistou este prémio, o que contribui “para dar mais consistência ao reconhecimento que a região atingiu em todo o mundo nos últimos anos”, inclusive pela “confiança gerada com a segurança apresentada pelo destino no controle pandémico”.

Na opinião de Eduardo Jesus, a atribuição deste galardão “deve encher de orgulho todos quantos trabalham no Turismo na região, assim como os residentes, que veem a sua terra ser continuamente valorizada internacionalmente e os milhares de visitantes que valorizam ainda mais o seu destino de férias”.

“Temos razões para estarmos satisfeitos também pela forma como o destino reagiu à pandemia, por via da afirmação da segurança que aqui se vive”, sublinha.

Nesta edição dos World Travel Awards — com os vencedores da Europa anunciados hoje – estiveram também em votação para Melhor Destino Insular da Europa os Açores, entre outras ilhas de outros países.

Os World Travel Awards foram criados em 1993 e são atribuídos anualmente para reconhecer, premiar e celebrar a excelência de todos os setores chave das indústrias de viagens, turismo e hospitalidade.

A Madeira já foi galardoada seis vezes consecutivas como Melhor Destino Insular do Mundo, entre 2015 e 2020.

A região conquistou oito prémios como Melhor Destino Insular da Europa, em 2013, 2014, 2016, 2017, 2018, 2019, 2020 e este ano.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.