A partir deste dia, em termos comerciais, o aeroporto da Madeira passa a usar o nome de Cristiano Ronaldo, mas a designação oficial só estará confirmada quando estiver concluído o processo burocrático desencadeado para a alteração.

“Na quarta-feira há uma homenagem ao Cristiano Ronaldo no aeroporto, com algumas peças visíveis, mas não há ainda qualquer alteração do nome [do aeroporto, em termos oficiais], porque esse processo está a ser desencadeado pelas autoridades oficiais, é burocrático e mais demorado”, disse à agência Lusa fonte do Aeroporto da Madeira.

Segundo a mesma fonte, esta cerimónia aproveita a presença do futebolista na ilha, no âmbito da deslocação da seleção nacional para um jogo amigável com a Suécia, contando com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do chefe do Governo, António Costa, dos responsáveis do executivo madeirense, da família do jogador e de cerca de 250 convidados.

No aeroporto vão passar a estar um busto (na placa) e duas figuras luminosas com a face e o nome do futebolista (nas fachadas norte e sul), da autoria de um escultor da região. As peças vão ser descerradas durante a cerimónia.

Durante 15 dias, na zona da gare, vai estar uma exposição com 60 caricaturas de CR7 (nome pelo qual Ronaldo é também conhecido).

Na passada sexta-feira, o secretário da Economia, Turismo e Cultura da Madeira, Eduardo Jesus, explicou, em declarações à Antena 1, que a atribuição do nome do jogador internacional é “um processo de registo” na alçada da Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA), a pedido da ANA - Aeroportos de Portugal, com base numa resolução governamental que “leva tempo”.

O governante madeirense considerou ser uma situação semelhante à que acontece com o Aeroporto de Lisboa, relativamente ao qual o pedido de “transformação de denominação” para Humberto Delgado “já aconteceu há uma série de meses”, mas no sítio da internet da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) não há ainda qualquer alteração.

“Comercialmente o aeroporto de Lisboa já se chama Humberto Delgado e aqui, na Madeira, o processo será exatamente o mesmo”, adiantou.

O responsável recordou que o mesmo aconteceu anteriormente quando o aeroporto da ilha mudou o nome de Santa Catarina para Aeroporto do Funchal e, depois, Aeroporto Internacional da Madeira.

A 22 de julho de 2016, durante a inauguração do hotel Pestana CR7, no Funchal, o presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, surpreendeu os presentes anunciando que o aeroporto da ilha da Madeira passaria a ter o nome do jogador madeirense.

A cerimónia de mudança do nome esteve inicialmente prevista para o final do ano, mas acabou por ser adiada.

Esta alteração do nome do aeroporto da Madeira chegou a gerar uma troca de palavras entre os executivos nacional e regional. No início de março, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, afirmou que o Governo “não foi formalmente consultado” sobre a questão da atribuição do nome de Cristiano Ronaldo à infraestrutura.

Miguel Albuquerque reagiu argumentando que “o aeroporto é propriedade da Região Autónoma da Madeira” e que a discussão “não tinha nem pés nem cabeça”.

O aeroporto da ilha da Madeira foi inaugurado a 08 de julho de 1964, com uma extensão de 1.600 metros, pelo então Presidente da República, Américo Thomaz.

A 01 de fevereiro de 1986, depois de uma obra que durou cerca de quatro anos, foi ampliado para 1.800 metros.

A 15 de setembro de 2000, atingiu os 2.781 metros que tem presentemente, o que representou um investimento de 500 milhões de euros, com comparticipação comunitária e do Banco Europeu de Investimentos e da região.

Este aeroporto, na zona leste da ilha da Madeira, está sobretudo implantado no concelho de Santa Cruz (aerogare, área administrativa e comercial e estacionamentos) e no município de Machico (parte da extensão da pista construída em laje sobre o mar, através de 180 pilares assentes em fundações que atingem os 70 metros de profundidade).

Através de publicidade, o Governo Regional tem apelado à presença da população na cerimónia de quarta-feira.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.