Em comunicado, refere que os especialistas a colocar “brevemente” destinam-se em especial a zonas mais carenciadas e do interior, nomeadamente no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Baixo Tâmega (concelhos de Celorico de Basto, Cinfães e Resende); Douro Sul (concelhos de Lamego, Sernancelhe, Tarouca e Moimenta) e Alto Tâmega e Barroso (concelhos de Chaves e Valpaços), entre outros.

“Esta e outras medidas que continuam a ser levadas a efeito, enquadram-se na estratégia e objetivos assumidos pela atual tutela do Ministério da Saúde que, junto dos portugueses, se comprometeu a alargar o âmbito da prestação, atribuindo Equipa de Saúde Familiar a todos os cidadãos, independentemente da área geográfica onde residam”, acrescenta a ARS, sublinhando que a cobertura assistencial na região, em termos de Medicina Geral e Familiar, está “muito próxima 100%”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.