As 131 ações de limpeza em terra e 35 subaquáticas decorreram por todo o país, entre 19 e 27 de setembro, e envolveram mais de 170 organizações em 400 horas de trabalho realizado ao longo de 187 quilómetros da orla costeira, margens de rios e fundo marinho.

A iniciativa, juntou centros e escolas de mergulho, contando com a participação de 400 mergulhadores, destacou a organização em comunicado.

A Fundação Oceano Azul congratulou-se com a adesão de todas as organizações e voluntários à iniciativa, considerando que deu “sinais claros da crescente mobilização da sociedade no combate a uma das maiores ameaças ao oceano”, o lixo marinho.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.