A polícia anti-motins foi chamada à zona residencial da Baía de Kowloon, onde centenas de apoiantes pró-Pequim com bandeiras vermelhas, a cantaram o hino chinês e a gritarem slogans se envolveram em confrontos num centro comercial com manifestantes anti-governamentais.

Durante os incidentes, a polícia deteve vários jovens.

Um residente local disse aos jornalistas que o filho, que não estava vestido de preto, a cor característica dos manifestantes anti-governamentais, foi preso sem razão aparente.

Na cidade de Tin Shui Wai, próxima da fronteira chinesa, centenas de manifestantes desafiaram a proibição policial e saíram às ruas para protestar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.