O professor Manuel Grilo, número três na lista, vai substituir Ricardo Robles como vereador do Bloco de Esquerda na Câmara de Lisboa, anunciou a Comissão Política do partido, num comunicado divulgado esta noite onde se informa que Rita Silva, número dois da lista eleitoral, manifestou "indisponibilidade para assumir o cargo, tendo em conta as responsabilidades dirigentes que tem num movimento social e que considera incompatíveis com o exercício do cargo de vereadora".

Ricardo Robles anunciou esta segunda-feira a sua renúncia como vereador do BE da Câmara de Lisboa, afirmando ser "uma decisão pessoal" com o "objetivo de criar as melhores condições para o prosseguimento da luta do Bloco pelo direito à cidade".

A demissão surge na sequência de uma notícia avançada na edição de sexta-feira do Jornal Económico segundo a qual, em 2014, o autarca adquiriu um prédio em Alfama por 347 mil euros, que foi reabilitado e posto à venda em 2017 avaliado em 5,7 milhões de euros.

"Informei ontem, domingo, a coordenadora da Comissão Política do Bloco de Esquerda da minha intenção de renunciar aos cargos de vereador na Câmara Municipal de Lisboa e de membro da comissão coordenadora concelhia de Lisboa do Bloco de Esquerda", refere uma nota a que agência Lusa teve acesso.

Esta é, de acordo com Ricardo Robles, "uma opção privada, forçada por constrangimentos familiares" e "no respeito pelas regras legais", para ultrapassar aquilo que se tornou "um problema político real" e que criou um enorme constrangimento à "intervenção como vereador".

Leia o comunicado da Comissão Política do Bloco de Esquerda na íntegra:

"A Comissão Política aceitou o pedido de renúncia feito no domingo por Ricardo Robles.

O elemento que lhe sucede na lista eleitoral do Bloco de Esquerda, Rita Silva, manifestou a sua indisponibilidade para assumir o cargo, tendo em conta as responsabilidades dirigentes que tem num movimento social e que considera incompatíveis com o exercício do cargo de vereadora.

Assumirá o cargo o terceiro elemento da lista eleitoral, Manuel Grilo, que dará continuidade às responsabilidades executivas que o Bloco de Esquerda tem na Câmara Municipal de Lisboa, no quadro do acordo político celebrado entre o Bloco de Esquerda e o Partido Socialista.

Manuel Grilo é professor e membro do Conselho Nacional de Educação. Foi durante vários anos dirigente do Sindicato dos Professores da Grande Lisboa, membro do secretariado nacional da Fenprof e do Conselho Nacional da CGTP. Deixou de lecionar em 2016, quando passou a desempenhar funções de assessoria ao grupo parlamentar do Bloco de Esquerda na área da Educação. Tem 59 anos. Já exerceu a representação do Bloco de Esquerda na vereação no presente mandato, em substituição de Ricardo Robles."

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.