O serviço de testagem ao domicílio está disponível desde meio de fevereiro — mas a oferta foi alargada e sem recurso à zaragatoa. Depois dos testes rápidos serológicos e antigénios, é agora possível encomendar um teste PCR de saliva ao domicílio via Glovo.

Aquele que é apresentado como o primeiro "teste de saliva PCR de venda direta ao público para fazer em casa", chega a Portugal através da parceria da austríaca testFRWD com os distribuidores Divisioncare e Inocrowd.

Para realizar o teste, o utilizador terá de fazer o pedido através da aplicação e depois será contactado por um profissional de saúde para confirmar detalhes, como "se tem sintomas ou se teve um contacto de risco", e local onde o utilizador pretende fazer o teste.

Soraya Gadit, CEO & Founder da Inocrowd, destaca o processo "muito mais simples e cómodo para o utente", já que implica apenas o "bochecho de uma solução salina durante um minuto" e não outra metodologia mais evasiva como a zaragatoa. "Em termos de saúde pública há ainda uma vantagem, pois evitam a deslocação dos doentes", acrescenta.

O serviço está disponível todos os dias, fins de semana inclusive, entre as 9h00 e as 23h00. Para a realização do mesmo, a Inocrowd conta a equipa da Trapézio de Sucesso, constituída por duas dezenas de enfermeiros.

O testes estão disponíveis na Glovo desde esta terça-feira, 9 de março, pelo valor de 90 euros, mas apenas para a área de Lisboa, Cascais e Oeiras, pretendendo a Inocrowd "expandir o serviço" para outras zonas do país onde aplicação funciona.

O profissional de saúde ajudará o utente a fazer a recolha do teste da saliva e encaminhará a amostra para um laboratório certificado. O resultado será enviado até 24 horas após a chegada da amostra ao laboratório, via e-mail. Este documento "pode ser utilizado como comprovativo para viajar ou qualquer outra atividade onde seja exigido um resultado negativo ao teste Covid-19".

O Labocentro foi o laboratório escolhido para a realização dos testes que, de acordo com a empresa, têm uma fiabilidade de 99,5%. Os resultados são comunicados ao SINAVE (Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica, que centraliza a informação sobre os casos de Covid-19 a nível nacional) pelo laboratório.

O kit, com certificação CE e registado no Infarmed contém uma solução salina para fazer bochecho, um tubo para colocar a amostra, uma palhinha para transpor o conteúdo da amostra e um tubo de transporte para envio do kit para o laboratório.

Para já, o teste está apenas disponível na Glovo, mas "em breve será comercializado também noutras superfícies comerciais". Quando chegar a esta fase, o kit que tem uma validade de seis meses e permite o autoteste, poderá ser adquirido e realizado sem necessitar da ajuda de um profissional de saúde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.

Um artigo do parceiro

The Next Big Idea é um site de inovação e empreendedorismo, com a mais completa base de dados de startups e incubadoras do país. Aqui encontra as histórias e os protagonistas que contam como estamos a mudar o presente e a inventar o que vai ser o futuro. Veja todas as histórias em www.thenextbigidea.pt