De acordo com uma nota oficial cubana, o encontro decorreu em “ambiente de cordialidade”.

Marcelo Rebelo de Sousa e Raúl Castro “dialogaram sobre o bom estado das relações bilaterais e ratificaram a vontade de ampliar as ligações” económicas, comerciais e de cooperação.

O texto oficial foi também divulgado através da televisão estatal cubana.

No encontro, esteve presente a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Teresa Ribeiro, e o embaixador de Lisboa em Havana, Luís Faro.

A delegação cubana era composta pelos ministros da Economia, Ricardo Cabrisas, e do Comércio Externo, Rodrigo Malmierca.

Marcelo Rebelo de Sousa iniciou na quarta-feira uma visita de Estado inédita a Cuba, que já incluiu encontros com o homólogo cubano, Raúl Castro, e com o líder histórico, Fidel Castro.

Marcelo Rebelo de Sousa viajou para Havana na terça-feira em voos comerciais, com escala em Paris, mas o programa só começa hoje.

O chefe de Estado português foi convidado por Raúl Castro para visitar Cuba e aproveitou a deslocação à Cimeira Ibero-Americana, que vai decorrer entre sexta-feira e sábado, em Cartagena das Índias, na Colômbia, para responder agora a esse convite.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.