O intento do Chefe de Estado passa por condecorar 120 militares até à data em que se celebrará os 50 anos da Revolução do 25 de Abril. A notícia é avançada hoje pelo jornal Público

"É uma justiça que se tem que prestar aos militares que fizeram Abril, porque todos eles foram igualmente importantes", explicou o Presidente da República em declarações ao jornal.

Marcelo Rebelo de Sousa confirma assim a intenção de terminar o processo que foi iniciado por Ramalho Eanes. De acordo com o Público, com esta iniciativa, ficará para a história como o Presidente que fará a maior homenagem aos operacionais de Abril.

A lista dos 120 nomes está a ser elaborada por Vasco Lourenço, presidente da Associação 25 de Abril.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.