"Aqui, o problema, fundamentalmente, é o fornecimento de eletricidade. O que é dramaticamente urgente, para a vida das pessoas, é a normalização do fornecimento da eletricidade", disse o Presidente da República, após uma breve conversa com o presidente da Câmara de Soure, Mário Jorge Nunes, que lhe foi relatando os problemas vividos naquele concelho do distrito de Coimbra afetado pelo mau tempo da noite de sábado.

Marcelo Rebelo de Sousa notou ainda que a autarquia tem "uma fundada esperança de, por uma via ou por outra, começar essa normalização".

O chefe de Estado salientou que a ausência de luz na grande maioria do concelho "impede o funcionamento de tudo", desde o comércio a serviços públicos ou instituições de solidariedade social, passando pela vida quotidiana das famílias.

A breve visita contou ainda com a passagem pelo terminal de Alfarelos, onde, segundo a autarquia, se registaram grandes danos.

Depois da passagem por Soure, Marcelo Rebelo de Sousa seguiu para o distrito de Viseu, onde visita concelhos afetados pelos incêndios de 15 de outubro de 2017.

Durante a visita, quando questionado pelos jornalistas sobre a remodelação do Governo, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que um Presidente da República não deve comentar uma remodelação, "nem antes, nem durante, nem depois".

Para Marcelo Rebelo de Sousa, "uma boa remodelação é, por definição, secreta", sendo que não deve ser comentada pelo chefe de Estado, seja no seu conteúdo, no momento escolhido ou nos efeitos ou consequências dessa remodelação.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.