O navio (destroyer) lança-minas Nitze da Marinha dos Estados Unidos “lançou uma operação para a livre navegação contestando uma reivindicação marítima excessiva da Venezuela”, anunciou o Southern Command (SOUTHCOM) organismo que dirige as questões militares norte-americanas nas Caraíbas.

De acordo com a Marinha dos Estados Unidos, a operação decorre em águas internacionais localizadas a 12 milhas náuticas da Venezuela e que são reivindicadas pelo presidente venezuelano de facto, Nicolas Maduro.

O navio norte-americano navegou nas águas que o “regime ilegítimo de Maduro afirma erradamente controlar”, indica o comunicado.

Um porta-voz militar dos Estados Unidos disse à France Presse que uma operação semelhante decorrer no passado mês de janeiro na mesma zona.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.