Desde que foi admitido naquela unidade hospitalar na madrugada de terça-feira, este foi o primeiro boletim clínico no qual não foi usada a expressão "situação crítica", referindo o porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha, José Barata, que continua a registar-se "uma ligeira evolução na resposta aos estímulos externos".

"O Hospital da Cruz Vermelha informa que não se registaram alterações significativas, durante a noite, relativamente ao estado de saúde do doutor Mário Soares que se mantém na Unidade de Cuidados Intensivos deste hospital com prognóstico reservado", disse.

José Barata afirmou que o quadro clínico se mantém estável, "apesar da preocupação que inspira", respondendo ainda aos jornalistas que Mário Soares, de 92 anos, permanece inconsciente.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.