A queda de uma árvore já sinalizada para abate pela Junta de Freguesia de Benfica provocou hoje danos em vários carros, sem causar danos pessoais, constatou a Lusa no local.

As fitas de segurança estavam a cercar sete carros.

Pelas 13:00, a Polícia Municipal estava no local a cortar os galhos da árvore.

Numa nota enviada esta tarde à agência Lusa, a Junta de Freguesia de Benfica refere que "a árvore em causa faz parte de um relatório que a Junta entregou à Câmara Municipal de Lisboa".

O texto lembra que a 28 de dezembro o município "deu um parecer favorável ao abate de duas árvores - uma na Rua Barroso Lopes e outra na Rua Maria Lamas".

A freguesia liderada pela socialista Inês Drummond aponta que "avançou com os seus próprios meios para o abate da árvore da Rua Maria Lamas, por se tratar de uma árvore de menores dimensões".

No entanto, o mesmo não aconteceu com a árvore que acabou por tombar esta manhã, dado que a autarquia "não dispunha de meios próprios para o abate da árvore da Rua Barroso Lopes, por ser uma árvore de grande porte".

A Junta de Freguesia de Benfica indica que, perante esta situação, "em janeiro abriu um procedimento de contratação deste tipo de serviços, mas não houve qualquer proposta para a prestação dos serviços em causa".

A autarquia observa também que "está a acompanhar a situação provocada pelo mau tempo" e que "os danos causados pela queda da árvore já foram, entretanto, sinalizados pelas autoridades competentes".

Moradores ouvidos pela Lusa no local afirmam que a árvore "estava totalmente seca" e tinha uma cinta da Junta de Freguesia desde há cerca de mês e meio a dizer que tinha de ser abatida.

"A árvore estava totalmente seca e é para abater. Foi uma sorte ter caído para este lado e não para o outro, onde há um parque infantil", disse José Manuel, um dos moradores.

Questionada pela agência Lusa, a Câmara Municipal de Lisboa precisou que, "conforme transferência de competências, cabe às Juntas de Freguesia a manutenção do arvoredo".

Quanto a esta árvore em específico, o município referiu que esta "estava identificada pela Junta de Freguesia de Benfica como estando doente, tendo a Junta de Freguesia pedido a avaliação fitossanitária aos serviços da Câmara".

"A avaliação indicou recomendação de abate", pelo que "esta informação foi transmitida à junta de freguesia", remata a resposta escrita da Câmara de Lisboa (também liderada pelo PS).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.