Os portos estavam encerrados desde terça-feira na sequência da passagem da tempestade Diana pelo arquipélago.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) informou esta manhã que o centro da depressão Diana encontra-se já próximo das ilhas Britânicas, muito afastado dos Açores, tendo a sua passagem pelo arquipélago provocado 17 ocorrências.

Segundo fonte do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, a maioria das ocorrências prendeu-se com quedas de árvores, telhados soltos de habitações e ainda algumas situações em que o mar galgou algumas costas, nomeadamente nas Lajes do Pico e Horta (Faial).

O mau tempo originou ainda o cancelamento de várias ligações aéreas, na sua maioria entre as nove ilhas dos Açores, deixando em terra mais de 600 passageiros, situação que a SATA Air Açores já está a regularizar.

Esta depressão, que tem estado a afetar o estado do tempo nas ilhas açorianas, motivou um aviso vermelho para as Flores e para o Corvo referente à agitação marítima, que vigorou até às 18:00 de terça-feira.

O aviso vermelho é o mais elevado dos avisos meteorológicos e representa uma situação meteorológica de risco extremo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.