Em conferência de imprensa para apresentação dos resultados relativos a 2017, António Martins da Costa explicou hoje que a neve e o gelo que se acumularam nas linhas e postes ultrapassaram o limite da carga, o que causou problemas de abastecimento que atualmente afetam cerca de 1.000 clientes.

"Houve linhas que vieram abaixo e levaram cerca de dez postes atrás de si que estão a ser reparados. Já colocámos seis geradores nessa zona para garantir a substituição do abastecimento normal e duas centrais novas", adiantou.

Aos jornalistas, o administrador disse que é esperado que "até ao final do dia de hoje a maior parte desses 1.000 clientes estejam normalmente abastecidos" e que até ao fim de semana o abastecimento esteja totalmente restabelecido, "nem que seja com meios provisórios".

O responsável garantiu que a EDP está a fazer "todos os esforços", estando dependente "do ritmo a que as equipas se conseguem movimentar no terreno, porque naquelas condições não é fácil".

Hoje à tarde, a EDP tinha informado que está a instalar uma central móvel de média tensão e geradores de emergência no vale da Campeã, Vila Real, para resolver a falha de eletricidade provocada pela queda de postes devido ao gelo.

A falha de energia nestas aldeias do vale da Campeã sente-se desde terça-feira à tarde.

Esta manhã estavam sem luz, segundo afirmou o presidente da Junta de Freguesia da Campeã, Jorge Maio, cerca de 1.200 pessoas e 600 casas, uma situação que fechou as escolas primárias e do pré-escolar e ainda condicionou o funcionamento dos estabelecimentos comerciais.

Fonte da EDP Distribuição tinha dito à agência Lusa que a empresa estava a ligar, ao final da tarde de hoje, uma central móvel e mais geradores de emergência nesta freguesia e salientou que, assim que estes equipamentos estiverem ligados, as pessoas vão ter luz em casa.

Toda a linha que abastece esta freguesia está danificada. Os postes de média e baixa tensão, a maioria deles localizados na serra do Marão, cederam ao peso do gelo e acabaram por cair.

A mesma fonte indicou que a empresa está ainda a fazer reparações em zonas de acesso difícil em Lamego, distrito de Viseu, e Mogadouro, distrito de Bragança.

Para responder às necessidades, a EDP mobilizou cerca de 300 trabalhadores, alguns dos quais foram deslocados de Portimão, Portalegre, Aveiro ou Leiria.

A proteção civil municipal de Vila Real informou que está prevista a queda de neve entre as 18:00 de hoje e as 09:00 de sexta-feira, acima dos 800 metros, e aconselhou os cidadãos a adotarem as medidas preventivas e comportamentos adequados, nomeadamente no que diz respeito à circulação automóvel.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.