Em comunicado, o Metro salientou que os 300 operacionais de DAE estão disponíveis sete dias por semana nas 32 estações, cada uma utilizada diariamente por, pelos menos, 10 mil passageiros.

A implementação deste programa teve início nas estações Colégio Militar e Jardim Zoológico, sendo, agora, alargado às restantes estações.

Na Linha Azul, são 10 as estações certificadas: Pontinha, Colégio Militar, Jardim Zoológico, São Sebastião I, Marquês de Pombal I, Avenida, Restauradores, Baixa-Chiado, Terreiro do Paço e Santa Apolónia;

Na Linha Amarela estão equipadas as estações de Odivelas, Senhor Roubado, Cidade Universitária, Entrecampos, Campo Pequeno, Saldanha I, Marquês de Pombal II e Rato.

Telheiras, Campo Grande, Alvalade, Alameda I, Anjos, Martim Moniz, Rossio e Cais do Sodré são as estações equipadas na Linha Verde.

Na Linha Vermelha têm desfibrilhadores as estações de Aeroporto, Moscavide, Oriente, Alameda II, Saldanha II e São Sebastião II.

Todas as estações certificadas estão devidamente identificadas através de sinalética específica.

A aquisição destes aparelhos ocorreu no âmbito do Programa de Desfibrilhação Automática Ativo (PADE) e depois de um processo de certificação junto do INEM.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.