Com o público em frente ao parlatório do Palácio do Planalto a cantar "O capitão chegou", Jair Bolsonaro recebeu a faixa presidencial, pela mão do presidente cessante do Brasil, Michel Temer.

Milhares de brasileiros enchem o espaço defronte do Palácio do Planalto, em Brasília, para assistir ao fim das cerimónias de tomada de posse do novo Presidente, que terminam com a passagem da faixa presidencial entre os dois políticos.

Temer era vice-presidente de Dilma Rousseff, que foi sujeita a um processo de afastamento judicial a 31 de agosto de 2016.

Hoje, num cortejo presidencial, Bolsonaro foi saudado pelos apoiantes, que vaiaram Michel Temer, que hoje termina funções de chefe de Estado do Brasil.

Quando Jair Messias Bolsonaro chegou ao palácio, os apoiantes gritaram "oh Capitão chegou" em referência à Jair Bolsonaro, um refrão típico dos estádios de futebol.

Muitos apoiantes aguardavam horas envoltos em bandeiras do Brasil e na crença de que aquele a quem chamam de “mito” terá no momento da passagem da faixa presidencial.

Essa passagem foi saudada com um forte aplauso dos milhares de apoiantes, o único ato de Temer que não foi vaiado pelo público.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.