A porta-voz do Senami, Cira Fernandes, disse, em conferência de imprensa, que quatro cidadãos estrangeiros foram impedidos de entrar em Moçambique, entre os quais dois de nacionalidade portuguesa.

O número de estrangeiros interditos de entrar em Moçambique entre janeiro e agosto representa um aumento de 64%, quando comparado com igual período do ano passado, em que foram interditos 11 estrangeiros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.