Um contrato publicado no portal Base, a 27 de novembro, atribui à Madrigale, Têxteis, Unipessoal Lda., uma empresa de Guimarães, a confeção de "Roupa Interior Feminina para a Ucrânia".

O contrato em causa está dividido em dois lotes, sendo o primeiro relativo à aquisição de cuecas. Segundo um dos documentos publicados, "o preço a pagar pela prestação do serviço do presente contrato é de 30.000€ (trinta mil euros), ao qual acresce o IVA no valor de 6.900€ (seis mil e novecentos euros), perfazendo um total de 36.900€ (trinta e seis mil e novecentos euros".

De acordo com a informação disponibilizada no Caderno de Encargos, a roupa interior, fabricada em algodão, terá tamanhos entre o XS e o XL e será produzida "nas cores coiote, verde azeitona e preto".

"As cuecas são compostas por uma parte da frente, uma parte de trás e um reforço com um forro de material adicional. As peças são cosidas em conjunto com um ponto de cadeia de linha dupla de quatro fios. A parte superior é decorada com uma cinta feita de fita jacquard elástica, cujos segmentos estão interligados no lado esquerdo. A cinta está ligada às partes principais por um ponto de cadeia plano de três linhas. As aberturas das pernas são cintadas com um rebordo elástico de cadeia de quatro linhas duplas", é também descrito.

Esta compra implica cinco mil unidades de cuecas, ao preço unitário de 6 euros. O prazo de execução da empresa é de 25 dia e a encomenda deve ser entregue "nas instalações da Unidade de Apoio Geral de Material do Exército (UAGME), em Samora Correia".

"O pagamento das faturas será efetuado pela Secretaria-Geral do Ministério da Defesa Nacional, após a entrega, verificação e aceitação dos bens", é ainda explicado.

Está ainda previsto um segundo lote nesta encomenda, relativamente a tops que também serão enviados para a Ucrânia, mas ainda não foi publicado o resultado do contrato.

No modelo de anúncio do concurso público era referido que "o preço base global do presente procedimento é de 139.500,00 € (cento e trinta e nove mil e cinquenta euros), ao qual acresce IVA à taxa legal em vigor". Para o primeiro lote estava previsto um preço base de 47 mil euros, sem IVA, e o segundo lote pode chegar aos 92.500€.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.