O Presidente iraquiano, Barham Saleh, tinha estabelecido o dia de hoje como prazo limite para o parlamento designar um novo chefe de Governo, advertindo que, caso isso não acontecesse, ele escolheria a pessoa que julgasse “mais aceitável” para o país.

A escolha de uma personalidade para substituir Adel Abdul-Mahdi, que se demitiu no início de dezembro, arrastava-se há quase dois meses.

Allawi nasceu em Bagdad e foi ministro das Comunicações em 2006 e entre 2010 e 2012.

O nome de Allawi deverá ser votado na próxima sessão do parlamento. Depois disso, Allawi terá 30 dias para apresentar o programa de Governo e indicar os nomes dos ministros.

Desde o início de outubro têm-se realizado manifestações em Bagdad e no sul do Iraque a exigir uma nova classe política, o fim da corrupção, empregos e melhores condições de vida.

Os protestos têm sido marcados por episódios de violência que já provocaram cerca de 480 mortos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.