A notícia foi dada no noticiário das 11:00 na TVI24 e confirmada ao SAPO24 por fonte oficial da TVI. O canal não revelou a causa de morte do ator, dizendo apenas que foi "de forma inesperada".

Já na notícia publicada no seu website, o canal informa de que o corpo do ator foi encontrado este sábado de manhã na praia do Abano, no Guincho, concelho de Cascais.

No website da Proteção Civil está registado que as autoridades responderam a um alerta dado às 8:36 na praia do Abano, tendo mobilizado 29 operacionais, apoiados por nove meios terrestres.

Segundo fonte da Autoridade Marítima, para o local foram dirigidos o piquete da Polícia Marítima, meios da estação de salva-vidas de Cascais, a que se juntaram posteriormente os bombeiros e GNR de Alcabideche, PSP de Cascais e ainda um helicóptero da Força Aérea, que sobrevoou a praia às 10:10.

O corpo foi encontrado às 10:20 por elementos de uma lancha salva-vidas.

Segundo a mesma fonte, pessoas próximas do ator manifestaram de manhã, cerca das 08:20, à PSP a sua preocupação pela ausência de Pedro Lima, por causa de uma carta deixada por este.

No início, adiantou a fonte, foi encontrado a viatura de Pedro Lima, com os seus pertences, numa falésia, junto à praia, e depois foi descoberto o corpo do ator junto ao mar.

Foi chamada uma ambulância do INEM, que recolheu o corpo do ator, tendo a Polícia Judiciária (PJ) sido deslocada para o local para tratar do expediente processual, que será enviado para o Ministério Público, explicou a fonte à Lusa.

Tendo representado em várias telenovelas do canal, Pedro Lima fazia neste momento parte do elenco da novela da TVI "Amar Demais", que tinha recomeçado recentemente as gravações.

Pedro Lima tinha cinco filhos, estando numa relação com a designer Anna Westerlund.

Nascido em Luanda, Angola, Pedro Lima foi nadador olímpico antes de se dedicar a uma carreira na representação, tendo representado o país africano nos Jogos Olímpicos de 1988 e 1992. Pedro Lima ganhou também uma medalha de ouro e outra de bronze nos Jogos Pan-Africanos de 1991.

Nuno Santos, diretor de programação e conteúdos da TVI, já reagiu em nome da estação, lamentando a "partida inesperada e brutal", num "dia chocante que abre uma tormenta de emoções e deixa um pesar enorme entre todos".

Foi assim que recebeu o regresso do Tristão, da série Espírito Indomável, lançada a partir da novela com o mesmo nome, e que é seu papel mais marcante neste trajeto intenso e longo na ficção nacional onde está desde a primeira hora.

“Todas as mortes são uma perda, mas esta é especialmente dolorosa pelo que deixa para trás. Saibamos honrar a sua memória e o seu exemplo”, termina a TVI em comunicado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.