A família dos suricatas acaba de crescer, com três novas crias a juntarem-se ao grupo que habita o Zoo Santo Inácio, anunciou o parque em comunicado. Os três suricatas – animal que se tornou mundialmente famoso com a personagem Timon do filme Rei Leão – nasceram no final do mês de março, após uma gestação de 77 dias, e podem agora ser vistos pelos visitantes.

"Esta é uma das muitas histórias de sucesso reprodutivo e de Conservação de espécies do Zoo Santo Inácio, tendo a família crescido de 3 para 13 indivíduos no espaço de apenas um ano", refere o espaço. "Este facto motivou a construção de uma nova casa para os suricatas, com espaço para a família em crescimento e que possibilita, agora, que os visitantes vejam estes animais, não só ao ar livre, como também no interior das recolhas".

"Os nascimentos são sempre motivo de grande alegria, uma vez que a reprodução é o reflexo de animais bem-adaptados e ambientados ao seu habitat e materializam o cumprimento do nosso grande propósito de conservação de todas as espécies, estejam elas classificadas como mais ou menos ameaçadas de extinção”, afirma Teresa Guedes, diretora do Zoo Santo Inácio.

Ainda não se sabe o sexo dos pequenotes, já que para evitar o risco de rejeição por parte da progenitora dos novos membros deste clã, não foram ainda apurados os sexos e peso das novas crias.

Os suricatas são pequenos mamíferos de pelagem castanha com riscas negras na parte terminal do dorso e alimentam-se essencialmente de insetos. Cada indivíduo da espécie desempenha uma função específica num sistema de rotatividade de tarefas, que varia desde o vigia, o cuidador das crias e até o caçador e, por este motivo, são conhecidos como um dos mamíferos mais cooperativos da Terra, conta ainda o parque.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.