Cinco pessoas morreram, e várias ficaram feridas num incidente com tiros, na noite do Dia das Bruxas, na passada quinta-feira, em Orinda, numa casa alugada através da plataforma Airbnb.

Mais de 100 pessoas participaram no evento, anunciado nas redes sociais.

"A partir de hoje, proibimos as 'casas de festa' e redobramos os nossos esforços para combater as festas não autorizadas e para nos livrarmos da conduta abusiva de anfitriões e convidados, incluindo a que levou aos terríveis eventos que vimos em Orinda", escreveu na rede social Twitter o cofundador e CEO da empresa, Brian Chesky.

Para isso, acrescentou, a Airbnb aumentará a "deteção manual de reservas de alto risco marcadas pela nossa tecnologia de deteção de riscos", criará uma "equipa dedicada de resposta rápida" e tomará "medidas imediatas" contra aqueles que violarem as políticas de hospedagem.

"Temos de melhorar e vamos melhorar", afirmou. "Isto é inaceitável", completou.

Michael Wang, dono da propriedade onde foi registada a ocorrência, declarou ao jornal "San Francisco Chronicle" que alugou a sua casa a uma mulher que pretendia organizar um evento de família para uma dúzia de pessoas.

EUA. Tiroteio durante festa de Halloween faz quatro mortos e quatro feridos
EUA. Tiroteio durante festa de Halloween faz quatro mortos e quatro feridos
Ver artigo

A polícia informou que respondia a uma reclamação por barulho no imóvel onde acontecia a festa, quando foram disparados tiros.

Três pessoas morreram no local. Outras duas chegaram a ser hospitalizadas, mas não resistiram aos ferimentos, acrescentou a autoridade.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.