Um helicóptero cruzava os céus do deserto do estado americano do Utah, com o objetivo de contar a população de carneiros selvagens da região. Contudo, não foram os animais a protagonizar o momento. Pelo meio das pedras vermelhas, um funcionário estadual avistou um objeto com cerca de três metros de altura, conta o The New York Times.  A imprensa está a referir a descoberta como um "monólito", uma obra ou monumento construída numa só pedra — apesar de o objeto ser de metal.

Em entrevista ao canal de notícias local KSLTV , o piloto do helicóptero, Bret Hutchings, mostrou surpresa pela descoberta. "Esta foi a coisa mais estranha que eu encontrei em todos os meus anos de voo", contou, referindo que a peça pode ter sido instalada por "algum artista da nova onda" ou um fã de "2001: Odisseia no Espaço", filme de 1968 dirigido por Stanley Kubrick.

Até agora não se sabe quem foi o responsável para instalação e as teorias falam já — além das hipóteses de Hutchings — de extraterrestres. Devido às associações cinematográficas, um porta-voz da Utah Film Commission disse não conhecer a origem do objeto. "Pelo que sabemos, o monólito que foi encontrado em Utah esta semana não é de uma produção de filme".

O Departamento de Segurança Pública de Utah divulgou imagens do objeto de metal, de forma retangular, bem como um comunicado em que é referido que continuam as investigações. Além disso, diz a BBC, foi explicado que "é ilegal instalar estruturas ou arte sem autorização em terras públicas administradas pelo governo federal, não importa de que planeta se seja".

O departamento não revelou a localização exata do monólito, para evitar que exploradores tentem procurá-lo e "fiquem presos" no local, devido ao terreno acidentado.

De acordo com o The Guardian, são algumas as pessoas a compararem o monólito às esculturas do artista John McCracken, que viveu no Novo México e em Nova Iorque até à sua morte em 2011. David Zwirner, responsável pela obra do artista, não respondeu a um pedido de comentário.

O artista Liam Sharp, conhecido por desenhar para a DC Comics, referiu o fascínio pela descoberta. "Adoro isto. Imagino que seja uma obra de arte, mas e se não for?".

Esta não é, contudo, a única situação de obras de arte instaladas no meio do deserto. No ano passado, um conjunto de seis colunas, dispostas em círculo no topo de seis pilares brancos, com um mp3 ao centro – a tocar repetidamente Africa, canção dos Toto, foi instalado no deserto na Namíbia, por Max Siedentopf, um artista multimédia germano-namibiano.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.