O ministro dos Negócios Estrangeiros acusou o Ocidente de não cumprir os compromissos escritos e juridicamente vinculativos que assume, advogando tratar-se de um "verdadeiro império de mentiras".
"A Rússia, como muitos países, sabe disso em primeira mão", defendeu Lavrov, criticando a expansão da aliança militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO).

“Eles estão a tentar forçar o mundo a jogar de acordo com suas próprias regras egocêntricas”, acrescentou.
De acordo com o ministro, a expansão militar da NATO na região Ásia-Pacífico cria o risco de uma nova fonte de tensão.

“Uma nova e perigosa demonstração do expansionismo da NATO é a tentativa de alargar a área de responsabilidade do bloco a todo o Hemisfério Oriental, sob o ‘slogan’ malicioso da ‘indivisibilidade da segurança das regiões Euro-Atlântica e Indo-Pacífico’", disse.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.