A nomeação foi feita em conjunto pela Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e a Organização Internacional para as Migrações (OIM), segundo um comunicado publicado na página da Internet do ACNUR.

O documento sublinha que Eduardo Stein "trabalhará para promover o diálogo e o consenso necessários para uma resposta humanitária, incluindo o acesso ao território, a proteção dos refugiados, o estatuto regular e a identificação de soluções para os refugiados e migrantes venezuelanos".

Segundo dados da ONU, mais de 2,3 milhões de venezuelanos residem atualmente no estrangeiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.