Ossufo Momade foi escolhido com 410 votos, enquanto Elias Dhlakama recebeu 238, Manuel Bissopo teve sete e Juliano Picardo recolheu cinco votos.

Um quinto candidato, Hermínio Morais acabaria por se retirar da corrida e apoiar Momade.

Os números foram anunciados hoje pela organização do 6.º Congresso da Renamo, que decorre desde terça-feira na Serra da Gorogonsa, centro de Moçambique.

Ossufo Momade, que já tinha sido designado coordenador interino da Renamo desde a morte do histórico líder, Afonso Dhlakama, em maio de 2018, é assim confirmado na liderança do partido.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.