O Panathinaikos, 20 vezes campeão da Grécia, foi derrotado no domingo em casa pelo AEK Atenas, por 2-1, uma derrota que o afasta, a duas jornadas do final, da possibilidade de lutar por um lugar nas competições europeias, ocupando a quinta posição.

O treinador romeno assumiu o Panathinakos em outubro, depois de Boloni ter iniciado a época nos belgas do Gent, e na Liga grega somou 14 vitórias, oito empates e oito derrotas em 30 jogos, além de duas derrotas nos quartos de final da Taça da Grécia.

Boloni é despedido no dia em que o Sporting pode ser campeão português, se vencer hoje em casa o Boavista, 19 anos depois de o treinador romeno ter sido o último a conduzir, na época de 2001/02, os ‘leões’ ao título de campeões nacionais.

Na carreira de técnico, Boloni foi selecionador da Roménia antes de assumir o Sporting, tendo treinado também os franceses do Nancy, Rennes, Mónaco e Lens, os belgas do Standard Liège e Royal Antuépia e os também gregos do PAOK, entre outros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.