Os incêndios devastam principalmente o estado de New South Wales, no sudeste do país, onde os bombeiros alertam sobre “condições perigosas” para segunda-feira e terça-feira devido ao aumento da temperatura e aos ventos fortes.

As autoridades recomendaram que os moradores da região afetada se preparassem para a possibilidade de serem ter de serem retirado das suas casas.

Os incêndios já destruíram 150 casas e pelo menos 30 pessoas ficaram feridas.

O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, disse no sábado que as autoridades temem que o número de mortos cresça.

De 01 de julho até o início deste mês, os incêndios devoraram cerca de 575.000 hectares de terra, mais que o dobro da área do Luxemburgo.

Este valor já ultrapassa a soma dos dois últimos anos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.