Em comunicado, a PJ adianta que as cinco pessoas, três homens e duas mulheres, foram detidas nos últimos três dias em ações distintas, tendo a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ contado com a colaboração da PSP, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e Autoridade Tributária e Aduaneira.

Segundo a PJ, a detenção dos cinco suspeitos ocorreu no âmbito do controlo que regularmente é feito aos passageiros com origem em países considerados de risco, tendo em vista a prevenção da introdução de droga em Portugal e em outros países europeus por via aérea.

A PJ adianta que na posse dos detidos foi apreendida elevada quantidade de cocaína que transportaram desde um país da América do Sul para Lisboa na respetiva bagagem e no interior do organismo, droga que, caso chegasse aos circuitos ilícitos de distribuição, seria suficiente para a composição de, pelo menos, 58.500 doses individuais.

Os arguidos, todos estrangeiros e com idades compreendidas entre os 21 e de 32 anos, ficaram em prisão preventiva após primeiro interrogatório judicial.

A Polícia Judiciária refere ainda que a investigação vai continuar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.