Em comunicado, a PJ refere que o homem já tinha sido detido pelo mesmo tipo de crime no ano passado e que "terá ateado estes fogos com recurso a fósforos quando circulava num ciclomotor".

Segundo a PJ, a detenção foi o culminar de diligências desenvolvidas "na sequência da deflagração de incêndios em zona florestal, contígua a zona urbana, na localidade de Ramires".

"Este concelho tem sido, reiteradamente, um dos mais fustigados em número de ocorrências florestais do distrito de Viseu", refere.

Estes incêndios "só não consumiram uma vasta área florestal porque foram de imediato combatidos", mas colocaram em risco "habitações existentes nas proximidades", acrescenta.

A detenção foi feita pela PJ através da Diretoria do Norte, com a colaboração da GNR de Lamego e de Resende.

Durante este ano, a PJ já identificou e deteve 63 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.