A droga, avaliada no ‘mercado negro’ em cerca de 90 milhões de dólares australianos (cerca de 55 milhões de euros), pertencia a um grupo criminoso dirigida a partir do Reino Unido.

A polícia deteve quatro pessoas, incluindo dois britânicos, em Queensland, de acordo com um comunicado policial.

A mesma nota indicou que na Nova Zelândia foram apreendidos 200 quilogramas de metanfetamina, no âmbito da mesma operação, realizada na passada semana.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.