A droga, avaliada no ‘mercado negro’ em cerca de 90 milhões de dólares australianos (cerca de 55 milhões de euros), pertencia a um grupo criminoso dirigida a partir do Reino Unido.

A polícia deteve quatro pessoas, incluindo dois britânicos, em Queensland, de acordo com um comunicado policial.

A mesma nota indicou que na Nova Zelândia foram apreendidos 200 quilogramas de metanfetamina, no âmbito da mesma operação, realizada na passada semana.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.