Num comunicado no Twitter, a polícia disse que durante a madrugada de hoje deteve um homem no bairro periférico de Moss Side.

A fonte confirmou que atualmente há oito homens sob custódia, que estão a ser interrogados, depois de um homem e uma mulher terem sido libertados sem acusação.

A investigação está a ser desenvolvida depois de o bombista suicida Salman Abedi, de 22 anos, e nascido no Reino Unido e de origem líbia, ter detonado um explosivo artesanal no exterior do Manchester Arena, onde decorreu um concerto da cantora pop norte-americana Ariana Grande, causando 22 mortos e 64 feridos, muitos deles adolescentes.

Segundo a polícia, nas últimas horas foram realizadas rugas em direções específicas de Manchester, assim como numa propriedade de St. Helens, na área de Merseyside, no norte de Inglaterra.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.