Em comunicado, a AMN refere que a Polícia Marítima de Vila Real de Santo António recebeu uma denúncia, pelas 17:00 de quinta-feira, a dar conta que decorria um evento na praia do Cabeço, com cerca de 300 pessoas.

“Na praia, os elementos da Polícia Marítima constataram que se tratava de um evento musical não autorizado, no qual estavam presentes cerca de 300 pessoas sem o devido distanciamento social, tendo interrompido o mesmo e dado indicações para que as pessoas dispersassem do local, indicações essas que foram prontamente acatadas”, é indicado na nota.

A AMN refere, ainda, que o Comando local da Polícia Marítima de Vila Real de Santo António tomou conta da ocorrência, tendo sido identificado o responsável pelo evento, que foi alvo de um auto de notícia.

Em causa está o não cumprimento das medidas recomendadas no âmbito da pandemia de covid-19.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.