Segundo o Jornal de Notícias, fonte do Comando Metropolitano da PSP do Porto referiu que à primeira hora de quinta-feira se "registaram 'situações anómalas' e alguns 'distúrbios pontuais' protagonizados pelos adeptos holandeses, que provocaram 'estragos materiais', não discriminados".

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto afirmou, contudo, que não registou nenhuma ocorrência, não tendo sido detido ninguém nem havendo feridos a registar.

Dos 27 holandeses identificados, 15 envolveram-se em distúrbios num bar, cinco provocaram danos num estabelecimento de restauração e sete foram indiciados por tentativa de participação em rixa, segundo a PSP.

A polícia portuguesa diz estar a acompanhar os movimentos de adeptos holandeses, mas não revela os meios envolvidos.

Refere apenas que conta a com a colaboração de "spotters" – polícias especializados no acompanhamento de claques desportivas - da sua congénere holandesa.

Este reforço policial acontece duas semanas depois dos incidentes ocorridos na Baixa da cidade, que envolveram adeptos ingleses e belgas, do Wolverhampton e do Standard Liège.

O FC Porto procura assegurar hoje um lugar nos 16 avos de final da Liga Europa de futebol, na receção ao Feyenoord, na derradeira jornada do grupo G, e juntar-se a Benfica, Sporting e Sporting de Braga.

Os ‘dragões’ recebem os holandeses a partir das 20:00, num encontro em que lhes basta vencer para avançar na prova, sendo que o empate até pode ser suficiente, desde que os suíços do Young Boys não vençam no terreno dos escoceses do Rangers.

Os ‘azuis e brancos’ estão no segundo lugar do grupo, com sete pontos, os mesmos do Young Boys e menos dois do que o líder Rangers, enquanto o Feyenoord é último, com cinco.

Na liderança do grupo G, com oito pontos, está o Rangers, que esta quinta-feira recebe o Young Boys, na sexta e última jornada.

(Notícia atualizada às 13h17)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.