Num comunicado divulgado minutos depois do fecho das urnas, Cazeneuve afirmou que a votação “é testemunho da lucidez dos eleitores, que rejeitaram o projeto fatal da extrema-direita”.

O primeiro-ministro disse ainda que o resultado da eleição mostra uma aceitação pelos franceses da União Europeia (UE).

Segundo as primeiras projeções, Macron obteve 65,5 a 66,1% dos votos e a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen, 33,9% e 34,5%.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.